Campanha contra Fake News no Twitter e YouTube

0
20

A conscientização sobre as mudanças climáticas ganhou um reforço de peso. O YouTube não vai mais remunerar criadores de vídeos que negarem ou publicarem fake News sobre evidências do aquecimento global. O Google proprietário do YouTube não vai mais monetizar anunciantes e editores e até influenciadores que publicarem conteúdos que medem a existência de mudanças climáticas.

A ligações que negam que as tendências de longo prazo mostram que o clima global está esquentando e alegações que negam que as emissões de gases de efeito estufa ou a atividade humana contribuem para a mudança climática. Afirmou também que vai usar uma série de ferramentas automatizadas e análises humanas para avaliar os conteúdos para diferenciar afirmações falsas de debates ou pesquisa sobre o assunto. A decisão chega a uma semana depois que o YouTube proibiu as fake News sobre vacinas.

Campanha contra Fake News no Twitter

Twitter começou uma campanha para evitar que as fake News atrapalhem as eleições brasileiras do ano que vem. Uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral dá acesso a informações úteis sobre o processo eleitoral.

A parceria tem como objetivo conscientizar o público brasileiro. Mas mesmo que as eleições ainda estejam a 12 meses para ocorrer a rede social já começou a disponibilizar informações úteis como por exemplo como funcionam as urnas eletrônicas. O principal objetivo é diminuir o impacto de notícias falsas durante as eleições presidenciais.

Os usuários que clicarem no banner vão ser levado para uma página do TSE com informações oficiais sobre as eleições. Por isso ações desse tipo já foram tomadas pela plataforma nos Estados Unidos. Em conclusão no ano passado o Twitter passou a colocar alertas de fake News em postagens e chegou até a bloquear alguns perfis e remover conteúdos.

Leia Também: TikTok coloca limite de 40 minutos por dia para adolescentes

Twitter vai permitir remover seguidores sem bloquear

O Twitter pode disponibilizar em breve uma funcionalidade que promete facilitar a vida de muita gente, o recurso que ainda está em fase de testes mas é capaz de remover seguidores no perfil sem que eles saibam.

A rede social está testando oficialmente uma ferramenta para ajudar os usuários que querem excluir seguidores indesejados. Atualmente a única forma de fazer isso é bloqueando o usuário. Mas caso ele acesse o perfil vai perceber a ação e isso pode causar um clima um tanto complicado.

Para evitar o Twitter vai permitir a remoção de seguidores sem necessariamente fazer o bloqueio, basta clicar no botão remover estes seguidor então pronto o processo é bem simples. Certamente o recurso ainda está em teste então por enquanto apenas alguns usuários vão ter a funcionalidade ativa. E mais novidades podem estar a caminho, há rumores de um possível modo de Twittar para amigos próximos. Como no Instagram e também a possibilidade de arquivar tweets antigos.